Pular para o conteúdo principal

Indicações para Comenda do Mérito Cultural

De 1º de junho a 31 de julho a sociedade - pessoas físicas e jurídicas - poderá indicar candidaturas de personalidades, órgãos e entidades públicas e privadas, estaduais, nacionais ou estrangeiras que prestaram relevantes contribuições para a Cultura da Bahia, para receberam a Comenda do Mérito Cultural. Essa distinção foi instituída pelo Governo da Bahia através do decreto nº 14. 917 de 08 de janeiro de 2014, no âmbito da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). Excepcionalmente, neste primeiro ano, serão concedidas 30 comendas, sendo dez em cada uma das três classes divididas em Júnior, Sênior e Póstuma. A entrega das insígnias e diplomas deve acontecer uma vez por ano em ato solene, preferencialmente na data simbólica do dia 05 de novembro, quando se comemora o Dia Nacional da Cultura.

Os candidatos a receber a homenagem são indicados por pessoas físicas e jurídicas, que devem preencher o formulário com dados e breve histórico do(a) indicado(a), disponível AQUI.
Pedimos a sua colaboração para mais esse importante passo para o desenvolvimento e continuação do nosso trabalho.

Obrigado,

Prof° Carlos Ujhama - Membro do Conselho Internacional de Dança CID/UNESCO

Abaixo todas as informações necessárias para o preenchimento do formulário: COPIE E COLE!

Nome do candidato:
- Carlos Alexandre Marques (Ujhama)

Candidatura para que classe da comenda:
- Junior - personalidade ou instituição em ascensão no cenário cultural

Setor cultural do candidato:
- Dança e artes cênicas

Contatos completos do candidato:

_no Brasil:
- Rua Silveira Martins, n° 508, Cabula 5. Cabula. Salvador / BA
- Tel: (71) 3387-5276, (71) 9609-0847
- http://www.afrossa.blogspot.com
- email: iaba.salvador@yahoo.com.br

_na Europa:
- Via Francesco Redi 62, Arezzo - AR / Itália.
- Tel: +39 389 9419 462

Breve currículo do candidato:

- Membro do Conselho Internacional de Dança CID / UNESCO [16286]
- Diretor e coreografo da AFROSSà Cia. Contemporânea de Intervenção Urbana (Expressão afirmativa da identidade Negra na dança e na musica afro contemporânea / Catalogo de Culturas Populares e Identitárias da Bahia 2010)
- Diretor do Movimento Cultural Afro Brasileiro - AFROSSà EUROPA
- Agente cultural na difusão das tradições afro-brasileiras, em diversos países, de 2008 a 2014: Inglaterra, França, Itália, Espanha, Suíça, Suécia, Grécia e Dinamarca.
- Diretor artístico do primeiro festival de dança popular brasileira em Paris/França: "Meu Brasil - Paris danse le Bresil, 2009".
- Assistente e interprete no projeto PURE MUTT "Capoeira - Samba Reggae - Hip Hop" ( Uma pesquisa das danças urbanas das Américas - PPGAC / UFBA, 2006)
- Professor certificado pelo CREF 12 (Conselho regional de Educação Física), inscrição n° 1677P/PE

Justificativa:

Nos ultimos 10 anos, dedicando seu trabalho artistico e padagogico através da dança, o professor Carlos Ujhama vem conseguindo agregar títulos concedidos por importantes instituições do setor artistico e cultural em todo o mundo. Dessa forma, as manifestações culturais e as tradições de matrizes africanas da cidade de Salvador/BA vem ganhando direitos e, sendo reconhecidas como uma atividade capaz de promover o desenvolvimento humano, mantendo o respeito pela diversidade cultural em âmbito nacional e internacional.



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

OS PRETOS NÃO LÊEM!

Sociedade:
OS PRETOS NÃO LÊEM!
em 22 de Março de 2007 - 09:56 Linux - USA

O lado triste deste artigo é que a sua essência é verdadeira.
De fato, a verdade dói!
Eu espero que isso possa criar uma motivação para que mais “pretos” não somente no senso étnico, identitàrio, cultural, religioso, filosófico, econômico, educacional, político, empresarial, artístico e todos os outros sentidos possam ir para frente, fazendo progresso reais.
Carlos Ujhama – AFROSSà Cia. De Danças Populares da Bahia.

- Chris Rock, um comediante negro disse, "os pretos não lêem".
Não deixem de ler esse artigo é muito interessante.
Para muitos dentre vós que escutaram o artigo que Dee Lee léu uma manhã nas ondas de uma
estação de rádio de NY. Para os que não escutaram, este artigo toca profundamente.
Um artigo pesado e escrito por um caucasiano (um branco).

- Os negros não lêem e continuam a ser nossos escravos. Nós podemos
continuar a escolher proveito dos negros sem esforço físico de nos…

Afrossa’ – BDC – Afrobrazilian wokshop dance & percussion

EN/

AFROSSA’ – BDC– Afrobrazilian workshop "DANCE & PERCUSSION".
24 – 25 November – Spazio Seme (Tuscany, Arezzo IT).

This workshop is a part of PROGRAM | ART OF MOVEMENT - 10 days
http://www.spazioseme.com/program-art-of-movement-10-days/

Dance Workshop with:
- Carlos Ujhama, Salvador/BA (popular dances and technique) 
- Ana Estrela, Salvador/BA (symbology and dance of the orixás, samba de roda)

Percussion workshop with:
- Neney Santos, Salvador/BA (ringtones and candomblé rhythms, percussion technique)
- Anderson do Samba (DNA do Samba Reggae)

Saturday: 15.00 – 18.00 (dance and percussion) | 18.30 – 21.00 (dance and percussion)
Sunday 10.00 – 13.00 (dance and percussion) | 15.00 – 18.00 (dance and percussion)

"Brazilian party only for participants of PROGRAM | ART OF MOVEMENT"

Fee: – 110 euro – (vegetarian food, lots of dancing and percussion ... included!)
Only percussion workshop:– 70 euro – (vegetarian food and Brazilian party ... included!)

It is a dance training program…

AFROSSá BDC - Salvador/BA 2018.

Certificação Internacional em Danças Populares da Bahia, com reconhecimento do Conselho Internacional de Dança CID/UNESCO.

AFROSSÁ – BDC é um programa de desenvolvimento nas danças, expressões e manifestações populares afro-brasileiras, reconhecido em mais de 150 países, em todo o mundo.

O “Brasil Dance Concepts”é regulamentado pelo Conselho Internacional de Dança CID/UNESCO, que ofereci ao final de cada modulo, um certificado de nível internacional reconhecido por escolas, centros culturais, associações e companhias de dança em mais de 155 países, em todo o mundo.

As atividades serão coordenadas pelo Prof. Carlos Ujhama, diretor e fundador do IABACE, primeira organização cultural afro-brasileira brasileirareconhecida pelo Conselho Internacional de Dança CID/UNESCO.

INVESTIMENTO:
Programação completa R$ 400 reais (20 horas/aula)
Aula avulsa: R$ 60 reais (2 horas/aula)

*INSCRIÇÃO NO LOCAL, 30 minutos antes do inicio da atividade.

---------------------------------------

Para participar do Progra…